Presidente da Câmara de Correntina Preso por Fraudes, Desvios e Pedidos de Propina é Solto.

Publicado em: 15-11-2017

A Justiça concedeu na tarde desta quarta-feira (15), liberdade provisória para o presidente de Câmara de Vereador de Correntina, oeste da Bahia, Wesley Campos Aguiar, conhecido como Maradona. Além do Presidente da Câmara, mais três servidores também receberam o benefício, Hugo Neves dos Santos, Cleuzinete de Souza e Erickson Lince Santos, este último mediante o arbitramento de fiança a ser pago no 1º dia útil.

Todos haviam sido presos na operação “Último Tango”,  deflagrada pelo Ministério Público da Bahia (MP-BA), no dia 26 do mês de outubro.

Durante a operação foram presos junto com o presidente da Câmara, mais cinco vereadores, que já haviam sido soltos, ficando preso apenas o presidente da Câmara, dois servidores da Câmara e, Erickson Lince Santos.

Todos foram acusados de fraudar processos licitatórios e contratos na cidade e desviar verbas públicas e propina.

O Fato relevante na sentença é o imediato afastamento de Wesley Campos Aguiar (Maradona), Hugo Neves dos Santos, Cleuzinete de Souza dos cargos e funções. Caso haja o descumprimento das condições estabelecidas na sentença, eles poderão retornar ao cárcere.

PREVISÃO DO TEMPO
Santa Maria da Vitória
31º
Poss. de Panc. de Chuva a Tarde