Bom Jesus da Lapa recebe comissão de Meio Ambiente do Senado Federal para debater revitalização do Velho Chico

Publicado em: 25-11-2015

rioacANaMeiirvmmmCR00001

O baixo nível de água do Rio São Francisco e o assoreamento de suas margens têm sido temas de frequentes debates promovidos pela Comissão de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle (CMA) do Senado. Agora, a discussão sai dos gabinetes e plenários para ter como cenário o próprio Velho Chico.

Um grupo formado por oito senadores e um ministro visita, na próxima sexta-feira (27), a cidade de Bom Jesus da Lapa, por onde passa um trecho do rio. O governador Rui Costa e o secretário estadual do Meio Ambiente, Eugênio Spengler, vão se juntar à comissão durante a inspeção.

O objetivo do encontro é ver de perto a real situação do rio e propor medidas para acabar com o assoreamento. A visita da comissão é uma resposta ao pedido feito pelo prefeito de Bom Jesus da Lapa, Eures Ribeiro (PV), que na semana passada esteve em Brasília para tratar do tema, durante evento o Programa de Revitalização da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco.

Engajado nesta causa, o gestor chegou a lançar uma campanha intitulada “Eu viro carranca para defender o Velho Chico” e convocou a população a recepcionar a Comissão do Meio Ambiente, no aeroporto, de onde sairão em carreata até a Barrinha. Entre os atos previstos está a implantação de um viveiro de mudas para fazer o reflorestamento das margens do rio.

“Eu tenho defendido com unhas e dentes a revitalização do São Francisco, pois nós que vivemos às margens dele conseguimos perceber o seu pedido de socorro diário. O rio está morrendo e precisamos fazer algo urgentemente. Acredito que essa ‘fábrica de floresta’ que iremos instalar aqui vai nos ajudar a repor as matas ciliares e salvar o Velho Chico”, disse Ribeiro.

A previsão é que o Programa de Revitalização da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco, do governo Federal, seja executado em 20 anos, sob a coordenação do Ministério do Meio Ambiente, em articulação com o Ministério da Integração Nacional, outros órgãos do governo federal, a população local e governos estaduais e municipais.

PREVISÃO DO TEMPO