Com salários em atraso, Trabalhadores em Educação de Santa Maria da Vitória novamente entram em greve.

Publicado em: 16-09-2015

GREVEtICAe00001

Na última segunda e terça feira (15 e 16) os Professores municipais de Santa Maria da Vitória decidiram novamente entrar em greve, em assembleia realizada nessa terça-feira (15).

De acordo com a APLB/Sindicato, a paralisação é devido aos constantes atrasos dos salários e a falta de transparência do gestor público municipal em apresentar uma planilha com os gastos da educação.

Os Trabalhadores em Educação  se concentraram em frente a prefeitura durante estes dois dias de manifestações, no intuito de falar com o prefeito, mas só conseguiram ser ouvidos pela Secretária de Finanças Vera Muniz, pois o prefeito está viajando.

ProfeEtICAe00003

ProfeEtICAe00001

ProfeEtICAe00002

A categoria afirma que mesmo com vários dias em atraso, a prefeitura não faz o pagamento de todos os trabalhadores em educação, pagam apenas 60% que são os professores, Porém os 40% restante que são os porteiros, zeladores, merendeiras e os que estão em desvio de função acabam sem previsão. Por isso a indignação da categoria, pois segundo eles, o Fundeb manda a verba dos 100%.

LLLKKeEtICAe00001 LLLKKeEtICAe00002

CARTTTeEtICAe00004 CARTTTeEtICAe00003

A prefeitura fez ontem quarta-feira (15) o pagamento dos 60%, mas a greve continua, segundo a categoria eles estão lutando também pela apresentação de uma planilha com os gastos da educação.

O Exclusivo informa que o espaço está aberto para Prefeitura Municipal caso queira se comentar sobre o assunto.

PREVISÃO DO TEMPO