“A Cigarra Canta em Coragina” Um Espetáculo Onde o Teatro Imita a Vida de Trabalhadoras Rurais do Município de Santa Maria da Vitória.

Publicado em: 19-09-2017

 

A segunda etapa do projeto Aroeira, coordenado pelo docente/artista/pesquisador Ricardo Fagundes, terá o espetáculo teatral “A Cigarra Canta em Coragina”, que promete divertir e encantar o público presente no povoado de Coragina, zona rural de Santa Maria da Vitória.

A peça terá como protagonistas, senhoras de 53 a 88 anos de idade, moradoras da localidade onde farão a apresentação.  Na peça, as atuantes rememoram causos, músicas, jogos de suas infâncias e trazem à tona a presença do Teatro em suas vidas. Texto, coreografias e músicas compõem o espetáculo apresentado por elas.

O professor Ricardo Fagundes iniciou o projeto Aroeira em agosto de 2016. Em sua primeira etapa (agosto de 2016 a março de 2017) foi montado o espetáculo “Memórias de um Coração”. Aqui as memórias de cada participante ganham a cena.

Segundo Ricardo, o objetivo é levar arte e, também, mapear o que elas já fazem artisticamente onde moram, aumentando a expressividade, empoderamento e pertencimento de cada uma.

“A Cigarra Canta em Coragina” será apresentado no dia 27 de setembro às 18h em Coragina. Localidade onde a maioria mora, composta por 72 famílias.

Informações:

Projeto AROEIRA: Teatro para trabalhadoras rurais de Santa Maria da Vitória.

Coordenação: Ricardo Fagundes

Espetáculo: A Cigarra canta em Coragina.

Apresentação: 27 de setembro de 2017 às 18h

Local: Coragina

Realização: Universidade Federal do Oeste da Bahia

Centro Multidisciplinar de Santa Maria da Vitória

Contatos: Ricardo Fagundes (71) 99146-1985

PREVISÃO DO TEMPO