IF Baiano Abre Processo Seletivo Para Ingresso de Estudantes em 2017.2 – Campus de Bom Jesus da Lapa.

Publicado em: 14-08-2017

Estão abertas as inscrições do processo seletivo para ingresso de estudantes no Instituto Federal Baiano Campus de Bom Jesus da Lapa.

 O Campus do IF Baiano implantado em 2010 no município de Bom Jesus da Lapa, localiza-se no Território da Cidadania Velho Chico (TCV), próximo dos municípios do Território Rio Corrente, como São Félix do Coribe e Santa Maria da Vitória, dentre outros. O IF Baiano Campus Bom Jesus da Lapa atua na oferta da Educação Básica, Profissional e Superior, compreendendo processos educativos atrelados à profissionalização, com foco nas dimensões da Ciência e da Tecnologia, e pautado na indissociabilidade entre teoria e prática, ensino, pesquisa e extensão.

            O Campus Bom Jesus da Lapa oferta cursos de nível médio integrado e subsequente, superior de graduação e pós-graduação.

DO PROCESSO SELETIVO

São disponibilizadas 40 vagas anual para o Curso Superior de Graduação em Engenharia Agronômica. Dessas vagas, 20 são via SiSu e 20 são via edital interno. A partir de 10 de agosto de 2017 ao dia 18 de agosto de 2017 encontra-se aberto o processo seletivo interno para provimento de 20 vagas para ingresso de estudantes em 2017.2, no Curso Superior de Graduação em Engenharia Agronômica. A inscrição dar-se-á exclusivamente via internet, através do endereço eletrônico: <prosel.ifbaiano.edu.br>.

Para saber quais são os documentos necessários acesse o Edital N° 103, de 08 de agosto de 2017, no endereço eletrônico <http://concurso.ifbaiano.edu.br/portal/ingresso-estudante-graduacao-2017-2/>.

 

ENDEREÇO

Instituto Federal Baiano – Campus Bom Jesus da Lapa

Rodovia BR 349, KM 14 – Zona Rural – Bom Jesus da Lapa – BA

Esfera administrativa:  Federal

Cidade – UF:  Bom Jesus da Lapa – BA

CEP: 47.600-000

Email: prosel.lapa@ifbaiano.edu.br

Site do Campus: http://www.ifbaiano.edu.br/unidades/lapa

Telefone: (77) 3481-3210

 

O Curso Superior de Graduação em Engenharia Agronômica

O curso estabelece ações pedagógicas com base no desenvolvimento de condutas e atitudes com responsabilidade técnica e social, tendo como princípios: a) respeito à fauna e à flora; b) conservação ou recuperação da qualidade do solo, do ar e da água; c) uso tecnológico racional, integrado e sustentável nos agroecossistemas; d) emprego do raciocínio reflexivo, crítico e criativo; e) o atendimento às expectativas humanas e sociais, no exercício das atividades profissionais. Efetivamente, na consecução de seu currículo, teoria e prática são dimensões indissociáveis para a educação integral, pois o princípio educativo subjacente tanto ao Ensino, quanto à Pesquisa e à Extensão não admite a separação entre as funções intelectuais e técnicas, e respalda uma concepção de formação profissional que unifique ciência, tecnologia e trabalho, bem como atividades intelectuais e instrumentais, para construir, por sua vez, base sólida para a aquisição contínua e eficiente de conhecimentos.

De acordo com os enunciados da Resolução Nº 1.010 do CONFEA, de 22 de agosto de 2005; e da Resolução do CNE/CES Nº 1 de 2 de fevereiro de 2006, o Engenheiro Agrônomo  é um profissional com formação generalista técnico-científica, com visão crítica e humanística atento aos aspectos sociais e de sustentabilidade, dentro de princípios éticos. O Engenheiro Agronômo deverá ser capaz de adaptar-se, de modo flexível e criativo para a resolução de problemas, considerando seus aspectos tecnológicos, políticos, econômicos, sociais, ambientais e culturais. Esse profissional é habilitado a analisar e a reconhecer as especificidades regionais e locais e correlacioná-las ao contexto nacional e mundial da produção de alimentos, atuando como agente de mudança na gerência de sistemas produtivos de forma inovadora, valorizando e contribuindo para a equidade na distribuição da renda, a valorização das culturas locais e o respeito ao meio ambiente.

PREVISÃO DO TEMPO