SAAE de Sítio do Mato é exemplo em ação do Ministério Público

Publicado em: 6-05-2017

O Ministério Público da Bahia tem intensificado a fiscalização nas cidades do interior do Estado, no que diz respeito ao saneamento básico. Há algumas semanas, a 40ª etapa da Fiscalização Preventiva Integrada (FIP) tem percorrido os municípios baianos a fim de analisar a condição dos serviços ofertados à população.
A ação conta com profissionais divididos em 17 equipes e com a parceria do Núcleo de Defesa da Bacia do São Francisco. Por se tratar de saneamento básico, quatro serviços essenciais são o foco da operação: abastecimento de água, drenagem urbana, esgotamento sanitário e a coleta e descarte de resíduos urbanos.
Das cidades por onde a FIP passou, o SAAE de Sítio do Mato foi destaque na prestação do serviço de esgotamento sanitário, enquanto outras, como Oliveira dos Brejinhos, Paratinga e Muquém do São Francisco tiveram seus serviços reprovados.
Segundo o fiscal do CREA Diógenes Augusto das Neves, em entrevista concedida a uma rádio de cidade de Ibotirama, “Sítio do Mato foi um exemplo porque o sistema está funcionando. Não encontramos nenhum esgoto a céu aberto no Município e não encontramos esgoto sendo jogado in natura no rio; foi muito bacana ver isso, ou seja, a população comprou a ideia de que o esgotamento sanitário é uma coisa boa”, afirmou o fiscal.
A avaliação positiva em uma operação como esta é de extrema importância para a imagem da cidade frente aos demais municípios da região, mas, principalmente, tem relevância ainda maior para toda a população, principal beneficiária dos serviços oferecidos.
PREVISÃO DO TEMPO