Secretaria de Saúde de Santa Maria da Vitória adota ações de prevenção e fará a imunização da população em combate à febre amarela no município.

Publicado em: 16-01-2017

febreuGUILAosnitoioosomentiraapacapaEPPAMguelaRRAPOSSEALFREEETIVACONmmmmTfestadopoRArPRETAFREDIIIoribemEmjjIjmmmmjkkjCKDownloads_00001

Diante do surto de febre amarela que tem ocorrido em algumas regiões do estado de Minas Gerais, e que tem deixado não só a população mineira em pânico, e sim, a população dos estados que fazem divisa com o estado de Minas. Um desses estados, é a Bahia, que preocupado, adotou algumas ações de enfrentamento à febre amarela no Estado.

A Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab) emitiu, através da Diretoria de Vigilância Epidemiológica, uma nota informativa sobre o risco de ocorrência de febre amarela no estado. Após seis casos de epizootia (transmissão agente patogênico entre animais hospedeiros) em macacos no município de Coribe, no Oeste da Bahia, por prevenção, a Sesab recomendou a imunização de 100% da população de 45 cidades baianas.

Veja quais são estes Municípios que foram recomendados imunização de 100% da população:

Angical, Baianópolis, Barra, Barreiras, Bom Jesus da Lapa, Brejolândia, Buritirama, Campo Alegre de Lourdes, Canápolis, Carinhanha, Casa Nova, Catolândia, Cocos, Coribe, Correntina, Cotegipe, Cristópolis, Feira da Mata, Formosa do Rio Preto, Ibotirama, Itaguaçu da Bahia, Iuiú, Jaborandi, Luiz Eduardo Magalhães, Malhada, Mansidão, Morpará, Muquém de São Francisco, Paratinga, Pilão Arcado, Remanso, Riachão das Neves, Santa Maria da Vitória, Santa Rita de Cássia, Santana, São Desidério, São Félix do Coribe, Sento Sé, Serra do Ramalho, Serra Dourada, Sítio do Mato, Sobradinho, Tabocas do Brejo Velho, Wanderley, Xique-Xique.

Na nota também consta que todos os municípios da Bahia estão abastecidos com a vacina contra a febre amarela. Nas demais áreas do estado, não há indicação de cobertura completa de vacinação.

É importante tomar conhecimento da complexidade que envolve toda essa situação, por este motivo, O Exclusivo procurou a Secretaria de Saúde de Santa Maria da Vitória, na pessoa do secretário o senhor Laerte Sérgio Fagundes Santos, para obter mais informações e saber quais medidas para tentar reforçar o combate à doença, já estão sendo tomadas.

sergiooo

Secretário de Saúde – Serginho

A Secretaria de Saúde do município nos informou que já começaram as ações intensificadas de reforça mento ao combate. Primeiramente a rede de saúde municipal irá atualizar as cadernetas de vacinação  da população, pois será através desta atualização que eles irão ter uma informação mais precisa sobre a situação atual. Essa atualização na caderneta dará um controle na hora da imunização, eliminando as chances de imunizar pessoas que já estão imunizadas e com isso, não correr o risco de deixar sem a vacina, quem precisa ser imunizado.

A população será informada de todos os procedimentos através de uma nota que será divulgada pela Secretaria de Saúde do município.

PREVISÃO DO TEMPO